Jorge de Altinho – Eita, Coração